Buscar
  • Câmara Municipal de Montadas

Câmara de Montadas aprova o reajuste salarial de 11 cargos públicos acima da inflação

Nesta segunda-feira, 18, a Câmara Municipal de Montadas aprovou, por unanimidade, quatro proposituras de autoria do Poder Executivo Municipal que reajusta os vencimentos de 11 (onze) cargos públicos: Agente Administrativo; Assistente Social; Conselheiro Tutelar; Fiscal de Obras; Fiscal de Tributos; Operador de Máquinas; Motoristas, categoria C e D; Psicólogo; Técnico de Informática; Técnico em Enfermagem e Técnico em laboratório de Análises Clínicas.


Conforme o PL Nº 05/2022, ficou reajustados os vencimentos de motoristas categoria C e D, em 25% acima do salário mínimo, passando de 1.212,00 para R$ 1.515,00. Bem como os vencimentos dos Operadores de Máquinas Pesadas em 20,20% de R$ 1500,00 para 1.803,00.




Conforme o PL Nº 06/2022, ficou reajustados os vencimentos dos cargos de Agente Administrativo, Fiscal de Obras, Fiscal de Tributos, Técnico de Informática, Técnico em Enfermagem e Técnico em laboratório de Análises Clínicas, em 25% acima do salário mínimo, passando de 1.212,00 para R$ 1.515,00.

Ainda conforme o PL nº 07/2022, foi concedido um reajuste de 15% sob o salário mínimo para os Conselheiros Tutelares.


E por fim, o PL nº 08/2022, concedeu reajuste aos cargos de Assistente Social e Psicólogo em 48,52%, passando de R$ 1.212,00 para 1800,06.




Na oportunidade o Prefeito Municipal Jonas de Souza, abordou que as proposituras seriam uma forma de valorizar tais servidores, pagando acima das percas inflacionárias e concedendo um valor real agregado aos vencimentos de tais profissionais. Também afirmou que pela primeira vez foi concedido um aumento real aos Conselheiros Tutelares.


Esse é o 2º maior reajuste salarial concedido aos Operadores de Máquinas, o maior fizemos ano passado. Já para os demais cargos é o maior reajuste já feito pela Prefeitura de Montadas desde que os servidores passaram a fazer parte do Quadro de Servidores em 2014. Pontuou o Secretário de Administração, Tony Veríssimo

102 visualizações0 comentário